Image
Image
Quinta, 26 Agosto 2021 13:53

XI Conferência Municipal de Assistência Social do Município de Virgem da Lapa

XI Conferência Municipal de Assistência Social do Município de Virgem da Lapa

Teve como tema central: "Assistência Social: Direito do povo e dever do estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”.

A XI Conferência Municipal de Assistência Social da cidade de Virgem da Lapa teve por objetivo avaliar e propor a respeito da política da assistência social e a definição de diretrizes para o aprimoramento do sistema único da assistência social – suas. Tivemos como palestrante o Padre Anderson, coordenador do CREAS regional de Almenara, que discorreu sobre o tema "Assistência Social: Direito do povo e dever do estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”.

A conferência Municipal teve em sua abertura uma belíssima apresentação do Coral Banzo, composto por moradores da Comunidade Quilombola do Pega. A conferência contou com a participação de várias autoridades do município como o prefeito municipal, secretária de assistência social, demais secretários do município, representantes de CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social e demais conselhos de direitos, representante do legislativo, representantes da polícia militar, representantes de usuários do suas e demais representantes de outras políticas públicas.

Em sua fala o Prefeito Diógenes, emocionado, falou da belíssima abertura da conferência com o Coral Banzo, que é uma criação desta administração. Disse que fazer o social, não é só dar cestas básicas, mas vai fazer investimentos para dar oportunidade a população de aprender a caminhar com as próprias pernas, e isso temos feito aqui em Virgem da Lapa, estamos investindo nos jovens com a Guarda Mirim, trouxemos uma faculdade e concedemos bolsas de estudos para quem não pode pagar, criamos diversas vagas de emprego para ajudar as nossas famílias a levar o pão para suas casas. Diógenes agradeceu a presença de todos e disse o quão é bonito ver a participação da população em um evento tão importante para a nossa cidade.

Foram criados grupos de trabalhos que discutiram prioridades e deliberações, obedecendo 05 eixos de debate pré-estabelecidos, sendo eles:
Eixo 1 – A proteção social não-contributiva e o princípio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos sócio assistenciais no enfrentamento das desigualdades;
EIXO 2 – Financiamento e orçamento como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidades dos entes federativos para a garantia dos direitos sócio assistenciais;
EIXO 3 – Controle social: O lugar da sociedade civil no suas e a importância da participação dos usuários;
EIXO 4 – Gestão e acesso às seguranças sócio assistenciais e a articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos sócio assistenciais e proteção social;
EIXO 5 – Atuação do suas em situações de calamidade pública e emergências.

Depois disso foram apresentadas 05 deliberações/prioridades para a união, 05 deliberações/prioridades para o governo estatual e 10 deliberações/prioridades foram escolhidos 6 delegados para representarem o município de virgem da lapa na conferência regional de assistência social, sendo 03 representantes titulares do governos e 03 representantes titulares da sociedade civil, e seus respectivos suplentes.

A conferências têm caráter deliberativo, isto é, o que elas definem tem extrema relevância pública e deve ser considerado pelos gestores das políticas e pela sociedade brasileira, cabendo aos conselhos estimular e fiscalizar o cumprimento de suas deliberações.

Você não tem conta ainda? Registrar Agora!

Faça Login em sua conta